5ª série (6º ano) - TAREFAS:
500 510 520 530 540 / INTRODUÇÃO
TAREFA 500 - Leia o texto a seguir com o máximo de atenção:

Você está iniciando a quinta série (sexto ano) do Ensino Fundamental.
Um mundo de conhecimentos está se abrindo à sua frente. Uma enorme quantidade de informações, que a humanidade vem acumulando, há milhares de anos, está à sua disposição - basta consultar uma biblioteca ou clicar o botão de um mouse.

Cabe a você, agora, escolher um destes dois caminhos:



Caminho 1
Você pode estudar apenas para tirar nota numa prova.
Para isso, não preste atenção às aulas (se possível, converse com os colegas durante as explicações do professor, como fazem naquelas escolas de “faz de conta” que aparecem na Televisão e que os trouxas pensam que assim deveriam ser as escolas de verdade).
Dê uma lida na matéria na véspera da prova ou, até, o mais em cima da hora possível e, para se garantir contra qualquer esquecimento, prepare uma boa cola.
Assim que terminar a prova, trate de esquecer depressa o que tiver conseguido aprender - afinal, a sorte já foi lançada, agora é esperar pela nota que é o que interessa!

Com essa atitude, você talvez construa um histórico escolar razoável, lançando-se de uma série para outra até entrar numa faculdade qualquer.
Continue usando a mesma técnica ao longo do curso universitário, o que lhe dará um vistoso título de "doutor". Só não espere arrumar um bom emprego: é mais provável que seu diploma seja suficiente apenas para incluí-lo no grande grupo dos adultos medíocres que o mercado de trabalho "insiste" em rejeitar… (porque será?)



Se você quiser pertencer a essa multidão, tem de cumprir mais uma tarefa: assistir pelo menos a três horas de televisão por dia, sem perder nenhum capítulo de novela ou daqueles seriados que mostram as escolas estilo TV.
No mesmo dia jogue pelo menos três horas de videogame e nunca, repetimos, nunca leia um bom livro. Não faça a tarefa de casa (basta copiar no dia seguinte a que algum colega “nerd” fez) e fique pendurado na Internet usando algum software de bate papo até altas horas escrevendo “naum” ao invés de “não” e achando que assim está sendo diferente quando na realidade está conseguindo chafurdar na mesmice e na mediocridade dos outros.

Esse é o caminho mais fácil. O problema é que ele não leva muito longe.

Caminho 2
Parta do princípio de que não existe "cultura inútil": qualquer informação que você venha a absorver se entrelaçará com as outras, formando uma rede em seu cérebro.
Durante as aulas, preste o máximo de atenção e não deixe que os desinteressados o atrapalhem. Estude todo dia, mesmo que seja só um pouco. Estude para aprender, não para tirar nota. A nota é a conseqüência e não a finalidade do estudo. Leia bastante, leia para se divertir, e não por obrigação. Assista à televisão o mínimo possível (muita televisão derrete o cérebro!). Aliás, tente reduzir ao máximo tudo que tiver TELA (inclusive esse computador no qual você está lendo esse texto).



E lembre-se do velho ditado oriental que é fundamental para quem quer aprender:


Esta apostila está estruturada de forma que você faça uma pesquisa, faça um trabalho, faça uma correção de seus textos.



Outro ditado a ser lembrado, tão importante quanto o primeiro, é:


Se você quiser aprender um assunto… ensine-o para alguém!


Conseqüentemente o resultado final de seu trabalho, seja ele uma página na Internet, um mural na escola, um artigo no jornal, um CD ou uma representação teatral deve ter, como principal finalidade, ensinar algo para alguém!



O trabalho que você montará, e que representará o resultado de sua pesquisa, não deve ser estruturado para que os professores o achem "bonitinho", ou para que renda uma boa nota. Ela deve ser, principalmente, útil para outros alunos, de sua escola e de outras, que, ao consultá-la, estarão aprendendo coisas interessantes graças a seu trabalho e ao de sua equipe. Ao montar uma página na Internet, você não será mais aluno: será professor!



Assim você estará se ajudando (aumentando cada vez mais seus conhecimentos) e ajudando os outros (e diminuindo a quantidade de ignorância que existe por aí).
As fontes para sua pesquisa não estão somente na Internet ou nos sites sugeridos nesta apostila: já "inventaram" uma tecnologia muito mais sofisticada que o computador, chamada LIVRO. Já ouviu falar?



Esse site  inclui muitos tutoriais sobre as ferramentas necessárias para a montagem da página. Se você não tem familiaridade com elas, seus professores iniciarão o programa de Informática com o estudo dessas ferramentas.
Entenda, porém, que o objetivo das atividades propostas não é ensinar Informática; é ensinar você a usá-la para ampliar seus conhecimentos em TODAS as áreas.

A maioria dos sites a serem pesquisados está em Inglês. Isso é intencional!

NÃO SE QUEIXE DA DIFICULDADE QUE VOCÊ CERTAMENTE TERÁ!

A melhor maneira de se aprender um segundo idioma é usá-lo como ferramenta, e não como fim em si mesmo.
Você vai começar, nesta série, uma aventura de investigação que o levará ao mundo fantástico dos planetas, dos dinossauros, dos deuses antigos e à consciência de quanto é delicado o equilíbrio da vida em nosso planeta.
Bem-vindo ao clube das pessoas que pensam!
Agora imprima a TAREFA-500.pdf e, sem esquecer de colocar seu nome e turma, preencha e
entregue ao professor.